Tendência

Transição Grisalha Tranquila

Em agosto de 2020, escrevi um artigo para o Guia de Beleza aqui da Essência, falando sobre as NOVAS GRISALHAS. Muitas mulheres estão assumindo os fios grisalhos para valorizar suas características naturais e obter um visual mais elegante, maduro e por vezes bem moderno. Este é um movimento que está ganhando cada vez mais adeptas. Eu mesma sou uma delas e estou mais leve e feliz por ficar livre das tinturas e dos descolorantes.

Porém, isso não significa que os fios brancos não merecem os mesmos cuidados que eu sempre tive com o meu cabelo, não é verdade?! Assumir o grisalho requer dedicação e atenção para que a nova estrutura dos fios receba os cuidados necessários e se mantenha saudável, forte e bonita.

De acordo com a hairstylist, visagista e proprietária do salão de beleza Maison Rocha, Rosângela Rocha, à medida que as pessoas envelhecem, o estresse oxidativo do organismo eleva a produção e desenvolvimento de radicais livres que fazem com que os fios percam melanina e deem espaço à formação da canice ou cabelo branco.

Quem optou pelo estilo grisalho e ainda está passando pela transição, deve, antes de tudo, procurar pelo acompanhamento de um bom profissional, pois somente ele saberá analisar a estrutura natural dos fios e indicar os procedimentos e tratamentos que tornarão esse processo de transformação mais tranquilo e menos conflituoso. Esse período de mudança exige paciência, pois o embranquecimento dos fios tem início na raiz e pode levar em torno de cinco anos para atingir todas as extremidades da haste capilar, dependendo do tamanho dos cabelos de cada pessoa. Além disso, os fios brancos são mais grossos, menos flexíveis e tendem a ser ressecados”, explica Rosângela.

Existem diversas formas de passar pela transição de forma tranquila. Uma delas é bem simples: cortar as madeixas. Segundo a hairstylist, esta é uma opção que garante um aspecto mais uniforme e harmonioso durante o processo de crescimento dos fios brancos.

Outra alternativa é a realização de luzes até dois tons mais claros que a cor original dos cabelos junto da aplicação de um tonalizante louro médio com fundo acinzentado no restante dos fios. Segundo Rosângela Rocha, as pessoas que já têm mais da metade dos fios embranquecidos também podem apostar na elaboração de mechas em um tom o mais próximo possível ao natural dos cabelos.

Para combater o ressecamento e a porosidade dos fios brancos é interessante que as pessoas invistam na realização semanal de hidratações profundas com ingredientes emolientes e aminoácidos. O uso de um condicionador sem enxágue para fechar as cutículas dos cabelos e de óleos vegetais para aumentar o brilho e a sedosidade também são indicados pela visagista.

Com o tempo, os cabelos brancos ainda podem ficar amarelados devido a exposição à poluição, sol e produtos químicos. Por isso, é essencial a utilização de shampoos com pigmento violeta, uma ou duas vezes por semana”, conclui.

No meu caso específico, optei pelo contrário.. haha… estava com as pontas mais claras de luzes e boa parte da extensão dos fios próxima da minha cor natural, o loiro cinza. Como eu não quis clarear mais, fiz o inverso: escureci a parte clara em uma cor bem próxima da minha raiz natural e agora estou esperando para dar um corte e ir deixando o grisalho tomar posse de toda a minha cabeça!

Cada caso é um caso, né?! Cada uma faz a transição da forma que se sente mais confortável e feliz!

Quem aí optou por deixar os fios grisalhos?

Até a próxima!

Fonte: Naves Coelho Comunicação    Imagens: Google e instagram Jack Martin Colorist

author-avatar

Sobre Ana Santo

Ana é jornalista, advogada, mineira de BH e apaixonada por cuidados com o cabelo, cosméticos, moda, maquiagem, bolsa, sapato e tudo o que faz parte do universo feminino. Além de colaborar no Blog da Essência Brasileira, Ana também tem um Blog, o Blog da Ana.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *