Aposto que muita gente aqui já se sentiu perdida na hora de escolher a melhor escova! Eu já e por isso vou compartilhar com vocês o que foi que aprendi e me ajudou muito!

CERDAS NATURAIS

As mais conhecidas são as de cerda de javali. Elas ajudam a controlar o volume, o frizz, a oleosidade dos fios e deixam o cabelo mais liso e brilhante. São indicadas para modelar os fios. Este tipo de cerda é mais resistentes ao calor do secador. Particularmente, são as que eu mais gosto. Elas são ideais para cabelos finos e quebradiços: não agridem o cabelo, são mais macias e reduzem a quebra durante a escovação. 

CERDAS SINTÉTICAS

Possuem o náilon em sua composição. São as melhores escovas para tracionar e modelar o cabelo mas perdem nos quesitos de brilho e controle da estática dos fios. TEM AQUI NA ESSÊNCIA.

CERDAS MISTAS

As escovas com este tipo de cerda misturam cerdas naturais (de javali) e sintéticas (de náilon). Elas proporcionam maior tração. A escova "puxa" os fios. Enquanto as cerdas de náilon auxiliam a desembaraçar os fios, as naturais alinham e deixam o cabelo mais liso. Este tipo de escova une a durabilidade do material sintético e a maciez do natural. São indicadas para alisar cabelos ondulados e crespos, caso seja este o objetivo de quem tenha os fios assim. 

Algumas possuem bolinhas nas pontas das cerdas sintéticas, servindo para travar o cabelo durante a escovação. Por este motivo, são mais indicadas nos cabelos com fios mais grossos porque nos cabelos mais finos a resistência é menor, podendo provocar a sua quebra. TEM AQUI NA ESSÊNCIA.

 

ESCOVA DE CERÂMICA

Também conhecidas como escovas térmicas, elas são feitas para manter o calor do secador nos fios. São indicadas para modelar.

ATENÇÃO quem tem os fios mais frágeis ou quimicamente tratados: este tipo de escova deve ser evitado por concentrar mais calor que o normal nos fios (que já estão fragilizados!). TEM AQUI NA ESSÊNCIA.

ESCOVA DE METAL 

Existem também as escovas térmicas de metal. Elas são as que mais armazenam calor. O cuidado ao utilizá-las para secar o cabelo deve ser redobrado, pois podem fritar o fio de cabelo e o couro cabeludo. A secagem com ela é bem mais rápida e são indicadas para alisar e também para modelar. Por serem mais duras, tendem a ferir mais o couro cabeludo. Saber manuseá-las é essencial!

 

ESCOVA DE MADEIRA 

Ao contrário das anteriores, este tipo de escova não retém o calor e, por isso, demora mais tempo para atingir os mesmos resultados das anteriores. O ponto positivo é que elas reduzem a estática dos fios diminuindo o frizz. E o negativo, é que tem que mantê-la sempre seca para evitar a proliferação de fungos.

DIÂMETRO

Aqui, tamanho é documento! ;-) Para escovar cabelos mais curtos, as escovas menores são as indicadas para cachear, modelar e finalizar. Para cabelos médios, as escovas de diâmetro mediano devem ser a escolhidas. E para os cabelos longos, as escovas com maior diâmetro darão resultados mais satisfatórios.

Como saber o tamanho?

- Cabelos finos/curtos: diâmetros abaixo de 45mm.
- Cabelos médios: diâmetros entre 45 e 55mm
- Cabelos grossos/longos: diâmetros acima de 55mm.

E outra coisa: quanto mais próximas as fileiras de cerdas uma da outra, mais indicada a escova para cabelos finos. E quanto mais grosso o fio de cabelo, melhor será escolher as escovas com cerdas em fileiras mais separadas umas das outras. 

Bom, agora vocês já conseguem escolher a escova que melhor te atendam!

Vou passar só mais algumas dicas valiosas:

  • "bata" o secador no cabelo antes de começar a escovação propriamente dita para tirar a umidade excessiva. 
  • divida o cabelo em 3 partes (laterais e atrás) e vá secando mecha por mecha, em pequenas quantidades divididas nestas três partes.
  • use o secador com, pelo menos, 3cm de distância do fio e sempre em movimento. Deixar o secador parado na escova, frita o fio!

Beijos e até a próxima!

Imagens: Google Imagens.